Segunda-feira, 27 de Agosto de 2007

VIVER

«A certa altura da nossa vida, há uma janela que começa, de facto, a fechar-se.

Só que a razão para isso acontecer é porque há outra janela mais ampla que, entretanto, já está a abrir-se e a que sempre se seguirá alguma outra de amplidão cada vez maior. Um comboio que já não para na estação onde nós estamos. Mas há um outro comboio, já a chegar mais perto de nós, que nos levará para uma viagem para a qual precisaremos de transportar cada vez menos bagagens e, no decorrer da qual, teremos de nos preocupar com cada vez menos coisas.

Ao longo deste período que é de libertação crescente há, sem dúvida, um tempo durante o qual temos de caminhar às apalpadelas.

Só depois de atravessado o túnel símbolo da chamada meia-idade, começamos a vislumbrar uma luz que, diferente das que a partir de fora nos iluminam, não só nos ilumina como nos aquece continuamente.

Quando uma função acaba, outra pode desenvolver-se que, até aí, ainda não tinha tido espaço para se exprimir.

O caminho é sempre para a frente.

Mas, se, entretanto, continuarmos à superfície de nós mesmos, a correr a correr de um lado para o outro, quando este processo começa a manifestar-se, a única coisa que vemos é a janela que se está a fechar.

Se porém, a sensação de bem-estar e segurança, de que no dia-a-dia precisamos para ir avançando, nos for vindo cada vez mais do interior, do que somos e não do que temos, a juventude não tem limite de idade.

Mais do que acontecimento inevitável, envelhecer é uma arte que se aprende.

E envelhecer bem é ir acompanhando a passagem “inexorável” do tempo por nós, sem abdicar da juventude.

O que significa sem deixar de apreciar a vida. Sonhar. Ter esperança. Ser útil aos outros.

É estar receptivo ao novo, sem recusar o inesperado.»

 

Este texto é de um livro que acabei de ler, cujo titulo é: VAMOS FALAR DE AMOR?

Foi escrito por Maria José Costa Félix e, como me agradou, vim deixar um “retalho” aqui na minha colcha.

 

 

sinto-me: EM PAZ COMIGO E COM OS OUTROS
publicado por artesã às 22:37
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 21 de Agosto de 2007

POEMA

Bom é que não esqueçais

Que o que dá ao amor rara qualidade

É a sua timidez envergonhada

Entregai-vos ao travo doce das delícias

Que filhas são dos seus tormentos

Porém, não busqueis poder no amor

Que só quem da sua lei se sente escravo

Pode considerar-se livre

 

                                               Fernando Pessoa

 

Neste fim de tarde apeteceu-me um pouco de poesia para este quadrado da minha colcha.

sinto-me: OK
publicado por artesã às 21:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007

DIAS DE VERÃO

Tenho andado muito ocupada, nem tenho tido tempo de "postar" aqui. Como os meus filhos estão cá estou a aproveitar todos os minutos, e todo o tempo é pouco! Por isso, meus amigos, até um dia destes.

Assim aqui fica este quadrado mais pequenino...

sinto-me: MUITO FELIZ
publicado por artesã às 16:55
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Passaram por aqui...




My blog is worth $1,693.62.
How much is your blog worth?

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Posts recentes

Mãe...

...

40 anos...

...

Saudade

...

Balada da neve

Páscoa

...

Saudade...

Arquivos

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Julho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Link Me




Por onde ando...

O Blog da Joanina
O Blog da Joanina
Azoriana Blog
Azoriana Blog